Uma notícia que gerou muito alarde e desconfiança pelo mundo inteiro sobre jogos online  surgiu na China. O mundo como um todo questionou a atitude e a pauta foi motivo de grandes discussões. Mas a pergunta é: Por que a China tomou esta decisão?

O pais conhecido mundialmente como o maior centro de desenvolvimento tecnológico estabeleceu uma lei que limita o tempo de uso dedicado a jogos online para as crianças em apenas três horas por semana. Quem tem menos de dezoito anos na China só pode jogar online uma hora por dia nas sextas, sábados, domingos e feriados.

A regra que passou a partir do dia primeiro de setembro ainda sofre bastante represálias e debates. Mas como impedir que os menores joguem além do tempo estabelecido?

Órgãos responsáveis farão inspeções nas empresas que fornecedoras de jogos para que tudo seja cumprido. Antes os pequenos podiam jogar até três horas por dia, agora são três  horas por semana. A mudança tem como objetivo promover uma diminuição no uso excessivo de jogos nas crianças já que o uso excessivo vem se tornando cada dia mais incontrolável.

Popularidade de torneios de jogos online cresce durante a quarentena | Notícias de Campo Grande e MS | Capital News

A mudança é um projeto que trará resultados a longa data, visto que a população em si já esta adaptada ao uso exagerado de celulares e a dedicação em muitas horas para jogos. Algumas empresas já estão implantando reconhecimento facial como uma forma de impedir que a criança abuse do uso e exceda o seu tempo.

As crianças e adolescentes estão cada dia mais viciados em jogos online e isso está promovendo um desgaste no cognitivo das pessoas que estão tendo dificuldades de lidar com outras situações exta seus jogos. O objetivo é promover um equilíbrio entre o mundo virtual e o mundo real e assim promover nas crianças outros tipos de atividades.

Você aprova esta medida?

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui